Imagem

Aprendendo Caligrafia: Chalkboard e Faux-Calligraphy

E o aprendizado continua…

Antes de conhecer a fundo essa arte, não imaginava a quantidade de técnicas e métodos que existiam, e eu, ansiosa que sou, me senti na obrigação de conhecer a todas! Ao final disso só espero encontrar alguma que melhor me represente (e que eu consiga fazer, é claro).

As duas escolhidas da vez foram a chalkboard, onde se faz uso de giz escolar, e também a faux-calligraphy, uma técnica que é possível se obter com canetas tradicionais.

Chalkboard - Aprendendo caligrafia.JPG

Essa foi minha tentativa com a técnica ‘chalkboard‘ e um trecho de ‘Amor Puro’ de Djavan. Sinceramente: não gostei e não me adaptei. Não sei se o tamanho do meu quadro influenciou (20×15 cm), mas a ponta do giz foi bem inconstante e as letras foram ficando menos delicadas conforme eu terminava de escrever.

  • Vantagens
    • Fácil de corrigir por não ser permanente.
  • Desvantagens
    • O giz precisa ser ‘apontado’ constantemente para manter a uniformidade.

faux-calligraphy-uni-ball-angelic-white-aprendendo-caligrafia

Esse foi o resultado usando a técnica faux-calligraphy com a caneta Uni-Ball Signo na cor Angelic White.

Adorei trabalhar com ela. Com certeza foi minha preferida pra se usar nesse quadro, que foi pintado com tinta fosca. O traço é firme e constante, mas a opacidade deixou um pouco a desejar. Para conseguir esse resultado tive que fazer duas camadas com ela. Fora isso, perfeita, e só custou R$6,50.

  • Vantagens 
    • Traço firme
    • Resultado duradouro após secagem
    • Baixo custo
  • Desvantagens
    • Opacidade média

faux-calligraphy-com-caneta-posca-branca-pc-1m

E, finalmente, a tentativa com a caneta Uni POSCA de referência PC-1M 0,7mm na cor branca. Essa caneta é bem mais opaca e possui um traço constante. A tinta sai com fluidez e de forma bem homogênea. O ponto negativo, nesse caso, foi que ela não se deu muito bem nesse tipo de superfície, que é levemente áspera e, em alguns momentos, pequenas gotículas de tinta espirravam quando ela encontrava maior resistência pra se fazer o traço.Fiz o teste em um papel mais liso e ela se saiu extremamente bem.

  • Vantagens
    • Tinta extremamente opaca
    • Traço constante
    • Resultado permanente após secagem
  • Desvantagens
    • Alto custo
    • Não indicaria para superfícies mais ásperas.
Próxima semana: nanquim e pena. Vamos ver o que vai dar.
Anúncios

Deixe aqui o seu comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s